Meu Malvado Favorito é um filme de animação que cativou o mundo com a história de Gru, um vilão que acaba se apaixonando pelas três filhas adotivas e transformando sua vida para se tornar um herói. Mas além dos personagens icônicos, a animação também conta com objetos que trazem um toque de modernidade e inovação à trama. Um desses itens é o telefone celular, que tem um papel fundamental na narrativa.

O telefone como objeto do cotidiano

O telefone celular é um objeto presente em nosso cotidiano, mas nem sempre paramos para pensar em como ele mudou nossas vidas. Desde a sua popularização nos anos 90, o telefone se tornou um item indispensável em nossas bolsas e bolsos. Usamos ele para nos comunicar, acessar a internet, tirar fotos, jogar, entre outras inúmeras funções. O telefone passou a ser uma extensão de nossas vidas.

Em Meu Malvado Favorito, o telefone segue esse mesmo padrão. Gru conta com um aparelho que possui diversas funcionalidades, como gravador de voz, câmera fotográfica, compartilhamento em redes sociais, entre outras. Mas o que chama mais a atenção é o fato de que o telefone é usado como uma ferramenta de trabalho do protagonista. É nele que Gru recebe ordens de seu chefe, recebe informações sobre seus planos e até mesmo faz ligações para os outros personagens da trama.

A tecnologia como elemento narrativo em Meu Malvado Favorito

Em Meu Malvado Favorito, a tecnologia não é apenas um objeto do cotidiano dos personagens, mas é também um elemento narrativo importante. A presença do telefone celular na trama é utilizada para criar situações engraçadas e para impulsionar a história. Em uma das cenas mais icônicas do filme, Gru tenta ligar para o seu chefe, mas acaba discando para uma loja de cupcakes. A partir desse momento, a narrativa toma um rumo diferente e surge um conflito divertido.

Além disso, o telefone também é usado para mostrar como Gru se relaciona com seus ajudantes minions. Em uma das cenas, Gru quer que os minions realizem uma tarefa importante, mas eles estão ocupados jogando video game no telefone. Essa cena mostra como a tecnologia pode ser uma distração para as pessoas e como às vezes é necessário dar um “chacoalhão” para que as coisas aconteçam.

A tecnologia como reflexo da sociedade

O telefone celular em Meu Malvado Favorito não é utilizado apenas como um elemento narrativo, mas também como um reflexo da nossa sociedade. A animação foi lançada em 2010, quando os smartphones começavam a se popularizar em todo o mundo. O uso intenso do telefone pelos personagens da trama mostra como a tecnologia já estava começando a fazer parte do nosso dia a dia de forma definitiva.

Mas o filme também mostra como as pessoas podem ter uma relação doentia com o telefone. Em uma das cenas finais, Gru se vê diante de um espelho gigante que reproduz sua imagem infinitamente. Ele fica encantado com o reflexo de si mesmo e acaba perdendo a noção do tempo. Esse momento mostra como a tecnologia pode nos prender em nossa própria imagem e nos fazer esquecer do mundo ao nosso redor.

Conclusão

Meu Malvado Favorito é uma animação que utiliza a tecnologia como elemento de sua narrativa. O telefone celular é um objeto do cotidiano dos personagens, mas também é usado como um reflexo da nossa sociedade e como um elemento narrativo importante. A presença do telefone em Meu Malvado Favorito mostra como a tecnologia tem se tornado cada vez mais presente em nossas vidas e como ela pode ser usada para criar situações engraçadas, incentivar ações e até mesmo refletir sobre nossos comportamentos.